Fertility

Banco de Embriões

Últimas notícias

As novas tecnologias de criopreservação por vitrificação permitem ao especialista em infertilidade o congelamento de embriões excedentes para transferência futura. Os embriões podem ficar criopreservados por anos e mesmo assim mais de 95% deles sobrevivem quando são descongelados. O congelamento pode ser realizado em embriões de 3 a 6 dias e o armazenamento é realizado em contêineres de nitrogênio líquido, a -196ºC, devidamente etiquetados e identificados com código de barras.

A transferência de embriões descongelados pode ser executada com pouca necessidade de intervenção médica. Para a transferência dos embriões descongelados é necessária a monitorização cuidadosa do ciclo menstrual da paciente por ultrassonografia transvaginal e preparo endometrial com a utilização de medicamentos, a fim de determinar com precisão o momento ideal da transferência.

Uma grande vantagem da criopreservação é permitir que apenas um embrião seja transferido por vez, o que diminui a chance de complicações devido a gestações múltiplas. Além disso, esse embrião tem a vantagem de poder ser transferido no momento ideal em que o útero materno encontra-se receptivo a implantação do embrião e com isso levar ao desenvolvimento da gravidez.