Fertility

Banco de Sêmen

Últimas notícias

O banco de sêmen promove a criopreservação de espermatozoides por período indeterminado, conforme as necessidades do paciente. O sêmen criopreservado pode ser utilizado com sucesso em técnicas de reprodução assistida (inseminação intrauterina, fertilização in vitro ou injeção intracitoplasmática de espermatozoide), mesmo quando armazenado por longos períodos. Qualquer amostra seminal pode ser criopreservada, mesmo que não atinja os critérios de normalidade da organização mundial de saúde (OMS).

O sêmen pode ser obtido por masturbação, aspiração diretamente do testículo ou epidídimo ou microcirurgicamente. Logo após a coleta é realizada a análise seminal, seguindo os parâmetros da OMS, e substâncias crioprotetoras são adicionadas, o material é devidamente etiquetado, identificado com código de barras e acondicionado em contêineres contendo nitrogênio líquido, a -196ºC.

    As indicações para a criopreservação de espermatozoides são:

  • Para homens diagnosticados com câncer, a criopreservação de seus espermatozoides antes de tratamentos de quimioterapia e radioterapia é uma alternativa viável para garantir a possibilidade de eles terem filhos no futuro, uma vez que a fertilidade desses pacientes pode ser afetada pelo tratamento.
  • Para homens portadores de alguma patologia que causa infertilidade ou inibe a espermatogênese.
  • Para homens que serão submetidos a tratamentos médicos e cirúrgicos que de alguma forma tenham reflexo sobre os mecanismos reguladores da espermatogênese, emissão ou ejaculação.
  • Para homens que serão submetidos à vasectomia ou alguma cirurgia retroperitonial, mas que gostariam de preservar sua fertilidade caso desejem filhos no futuro.
  • Para casais que desejam realizar técnicas de reprodução assistida, mas que o parceiro tem dificuldades na obtenção de sêmen por ejaculação, necessita de técnicas cirúrgicas ou que pode não estar disponível no dia da fertilização para coleta do material.