AGOSTO – MÊS DE GRANDES PREMIAÇÕES NO FERTILITY MEDICAL GROUP

Publicado 24 de agosto de 2015 por Jornalismo Fertility. Atualizado 20:11.

O mês de Agosto está chegando ao fim de forma marcante. Afinal, pode ser considerado um período de grandes premiações para o Fertility Medical Group, que alcançou primeiro e segundo lugar com trabalhos apresentados durante o 19º Congresso da SBRA e também foi premiado durante o Encontro de Química promovido pelo Laboratório ThoMSon de Espectometria de Massas.
• O estudo que conquistou o primeiro lugar no congresso da Sociedade Brasileira de Reprodução Assistida (SBRA) avaliou, por meio de uma técnica denominada Espectrometria de Massas, diferenças no perfil de metabólitos que os embriões liberam no meio de cultivo, permitindo identificar quais embriões têm maior potencial de se desenvolver até o quinto dia in vitro. Hoje em dia, esse estudo ganha ainda mais importância diante da enorme discussão a respeito de quais embriões devem ser submetidos ao cultivo estendido in vitro, ou seja, ser transferidos no quinto dia, e quais embriões devem ser transferidos no terceiro dia. A principal vantagem da transferência embrionária em um estágio mais avançado de desenvolvimento é um aumento nas chances de implantação desse embrião. Após o terceiro dia de desenvolvimento, o embrião já passa a expressar os genes herdados não só da mãe, mas também do pai. Nessas condições, os embriões que sobrevivem ao cultivo in vitro são potenciais candidatos à implantação. Por isso, a seleção dos embriões para a transferência acontece quase de forma natural, permitindo que um menor número de embriões possa ser transferido, aumentando a chance de gravidez única e diminuindo a chance de gestações múltiplas. Porém, o cultivo estendido de embriões tem uma grande desvantagem: o número de embriões que suportam o desenvolvimento in vitro até estágios mais tardios é imprevisível e existe risco de a paciente não ter qualquer embrião viável para transferência no quinto dia. Diante desse cenário, uma técnica que consiga detectar quais embriões podem se beneficiar do cultivo in vitro é de extrema importância e é isso que o estudo do Fertility Medical Group buscou. Quinze substâncias foram apontadas como possíveis marcadores do potencial de desenvolvimento até o quinto dia.
Premiação SBRA
• O prêmio que conquistou o segundo lugar no congresso da SBRA se refere a um estudo que determinou os efeitos da endometriose em diversos parâmetros do ciclo. Através de uma ampla análise estatística de inúmeros casos já realizados no Fertility Medical Group, nos últimos dez anos, pesquisadores descobriram que pacientes que apresentam casos mais graves de endometriose têm sua chance de gestação diminuída, provavelmente devido a um efeito adverso da doença na qualidade dos óvulos produzidos. Portanto, o manejo dessas pacientes deve ser extremamente cuidadoso, para que a gravidez seja atingida com sucesso.
Premiação SBRA 2o. lugar
• Outra premiação importante aconteceu durante o Encontro de Química organizado pelo laboratório ThoMSon de Espectrometria de Massas na UNICAMP. O trabalho premiado foi realizado em colaboração com a Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP) e a Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Neste caso, pesquisadores do Fertility Medical Group trabalharam durante quase dois anos para que o estudo fosse realizado com êxito. Após diversas tentativas, proteínas foram extraídas das células do cumulus – que são células que rodeiam os óvulos e normalmente são descartadas e analisadas. Foram identificadas mais de 200 proteínas nas amostras humanas, sendo que elas se expressavam de maneira diferenciada nos vários grupos de pacientes. Sendo assim, foram identificados possíveis marcadores biológicos das características dos ciclos e da qualidade do embrião. Os achados dessa pesquisa são de grande impacto dentro da especialidade, já que mostram que o perfil proteico dessas células que seriam descartadas em ciclos de reprodução assistida pode ser uma importante ferramenta para predizer o prognóstico do tratamento, propiciando um manejo diferenciado para cada caso.
Encontro de Química

×

Powered by WhatsApp Chat

×