Fertility Medical Group é premiado no CBRA 2018

Publicado 8 de agosto de 2018 por larissa. Atualizado 00:01.

Os trabalhos científicos do Fertility Medical Group foram premiados em 1º e 2º lugar durante o 22º Congresso Brasileiro de Reprodução Assistida (CBRA 2018), que aconteceu entre os dias 01 a 04 de agosto, em Brasília.

O estudo “Ovarian response to stimulation and suboptimal endometrial development are associated with adverse perinatal outcomes in intracytoplasmic sperm injection cycles” foi premiado como primeiro melhor trabalho científico do congresso. Nele, foi possível correlacionar que bebês nascidos por fertilização in vitro e considerados pequenos, de acordo com sua idade gestacional, vieram de ciclos de tratamento que resultaram em maior número de óvulos, maior nível de estradiol no sangue, além de apresentarem endométrios mais finos no momento da transferência embrionária.

A conquista do segundo melhor trabalho do encontro internacional ficou para a pesquisa “Serum metabolites as molecular predictive markers of ovarian response to controlled stimulation: a pilot study”. Foi descrita a utilização de uma nova metodologia, a metabolômica, como técnica para prever a resposta ovariana à estimulação hormonal, ou seja, os números de óvulos que possivelmente serão obtidos, com uma precisão de 98,9%.

“Esses dois trabalhos ressaltam a importância da individualização do estímulo ovariano controlado. Em um futuro próximo, a previsão da resposta ao estímulo por meio da técnica de metabolômica auxiliará na orientação do protocolo de estimulação ovariana mais adequado para cada paciente. Esse ajuste, por sua vez, terá impacto positivo na saúde dos bebês nascidos de reprodução assistida” ressalta Edson Borges Jr., especialista em reprodução humana e diretor científico do Fertility Medical Group.

×

Powered by WhatsApp Chat

×